Skip to main content

OUT.FEST 2017 – Cartaz completo anunciado, bilhetes diários já à venda

Olá a todos,

Anunciamos hoje o cartaz completo do 14º OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, a decorrer entre 4 e 7 de Outubro, como habitualmente em vários espaços da cidade.

O cartaz final do OUT.FEST 2017 completa-se com a presença de figuras de proa das mais diversas proveniências da experimentação musical: o trio nova-iorquino Black Dice, banda incontornável nestas quase duas décadas do novo milénio, que ajudou a redefinir por completo as ligações entre a música electrónica de dança e a abstração inclassificável, é uma delas, bem como o também norte-americano (mas baseado desde há décadas na Europa) Charlemagne Palestine, figura icónica da escola minimalista do séc. XX, notável também pelo humor que sempre soube acrescentar num meio académico sempre “sério” e low-profile.

O canadiano Alex Zhang Hungtai, notório pelo seu projecto Dirty Beaches, vem ao Barreiro mostrar o trabalho que tem desenvolvido em trio com David Maranha e Gabriel Ferrandini, após uma bem-sucedida tournée europeia no início do ano. De regresso ao OUT.FEST está o veterano Sei Miguel, após um hiato de apresentações públicas, com o seu novo quarteto, sendo que a representação nacional se completa com o DJ Nigga Fox, uma das figuras máximas da editora Príncipe, que tem colocado a música de dança da periferia norte de Lisboa nos palcos e bocas de toda a Europa, com os Putas Bêbadas, também de regresso ao festival com o novo álbum “Cruzeiro de Velho” na bagagem, e com o produtor lisboeta DJ Problemas.

Estes sete nomes juntam-se assim aos doze já previamente anunciados, para uma edição que assinalará a estreia de mais um espaço icónico da cidade no roteiro do festival – a Igreja de Santa Maria, um dos três Monumentos Nacionais do Concelho, que acolherá o concerto de abertura deste OUT.FEST com a colaboração entre o músico Jonathan Uliel Saldanha e os grupos corais locais TAB e Be Voice, no dia 4 de Outubro. O Museu Industrial da Baía do Tejo, o Auditório Municipal Augusto Cabrita e a ADAO completam o leque de espaços que acolherão os espectáculos desta 14ª edição do festival.

O passe global para o festival continua à venda, e estão agora disponíveis também os bilhetes diários, com preços entre os 8€ (dia 4) e os 20€ (dia 7). Para mais informações basta consultar o site em www.outfest.pt

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro, a Baía do Tejo e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa. A programação é uma parceria OUT.RA / Filho Único.

Programa completo e alinhamento final:

4 Outubro (4ªf)

Igreja de Santa Maria

Jonathan Uliel Saldanha & Coral TAB + Coro B-Voice

5 Outubro (5ªf)

Museu Industrial da Baía do Tejo

Caterina Barbieri

Charlemagne Palestine

Quarteto de Sei Miguel

6 Outubro (6ªf)

Auditório Municipal Augusto Cabrita

Pere Ubu (The Moon Unit)

Casa Futuro (Pedro Sousa, Johan Berthling & Gabriel Ferrandini)

Lolina (Inga Copeland)

7 Outubro (sáb)

ADAO

Bookworms

Nocturnal Emissions

This is not This Heat

Jejuno

Simon Crab

Colectivo Vandalismo

Gyur

Black Dice

DJ Nigga Fox

Putas Bêbadas

Alex Zhang Hungtai, David Maranha & Gabriel Ferrandini

DJ Problemas

OUT.RA Música em Setembro – GREG FOX na ADAO

Olá a todos,

Enquanto não divulgamos o cartaz completo do OUT.FEST 2017 – que está para muito em breve – anunciamos já o próximo concerto da nossa programação regular, a ter lugar na ADAO, no dia 14 de Setembro.

E que melhor forma para assinalar a reentré do que recebendo o prodigioso baterista nova-iorquino GREG FOX, reconhecido pelo seu papel nos LITURGY, GUARDIAN ALIEN, ZS e tantos outros projectos incontornáveis da actualidade? O percussionista vem ao Barreiro apresentar o seu novíssimo álbum a solo, sendo que a primeira parte estará a cargo de um músico que é parte fundamental na história dos últimos 15 anos da música no Barreiro: BRUNO CONTREIRA.

Os bilhetes já podem ser reservados, como sempre através de e-mail para info@outra.pt.

Até já!

OUT.FEST 2017: Novas confirmações

Anunciamos hoje mais 4 nomes para o cartaz do 14º OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, a decorrer entre 4 e 7 de Outubro, como habitualmente em vários espaços da cidade.

Deste novo leque de confirmações destaque para o primeiro artista italiano na história do festival, a jovem compositora Caterina Barbieri, nome em ascensão fulgurante que lançou já este ano “Patterns of Consciousness”, álbum que tem vindo a figurar nas mais variadíssimas listas de melhores discos do ano que corre.

País também em estreia no festival é a Rússia, de onde chega (via Reino Unido) Lolina, a mais recente encarnação da icónica Inga Copeland (ex-Hype Williams), trazendo na bagagem o seu álbum / vídeo “Live in Paris”, enigmática peça multimédia lançada online no final de 2016.

A engrossar o contingente nacional e o lote de artistas emergentes nesta edição do OUT.FEST estará o Coletivo Vandalismo, grupo portuense ligado à editora Eye For An Eye Recordings, e o produtor lisboeta Gyur, parte da Cratera, um grupo de criadores de conteúdos digitais com epicentro na  Grande Lisboa.

O primeiro lote de passes globais a preço reduzido já esgotou, estando estes agora disponíveis ao preço de 30€, via Bilheteira Online e locais associados. Podem adquiri-lo através do link www.outfest.pt.

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro, a Baía do Tejo e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Primeiros nomes para o 14º OUT.FEST

Anunciamos hoje os primeiros 8 nomes para o cartaz do 14º OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, a decorrer entre 4 e 7 de Outubro, como habitualmente em vários espaços da cidade.

Deste primeiro leque de confirmações salienta-se, desde logo, a presença de alguns nomes com várias décadas de trabalho de inovação, progressismo e experimentação continuada, como sejam os norte-americanos Pere Ubu, liderados pelo icónico David Thomas, ou os britânicos This Heat (rebaptizados This is Not This Heat desde o seu ressurgimento há um par de anos), Nocturnal Emissions ou Simon Crab (do projecto Bourbonese Qualk).

No que diz respeito aos talentos emergentes, lugar para apresentações do produtor nova-iorquino Nik Dawson, sob o nome Bookworms, da portuguesa (e agora estabelecida em Viena) Jejuno e do trio de destacadíssimos representantes do novo jazz europeu Casa Futuro (colaboração entre os lusos Pedro Sousa e Gabriel Ferrandini e o sueco Johan Berthling).

A finalizar este primeiro lote de artistas, destaque para um projecto especial que une o músico e produtor portuense Jonathan Uliel Saldanha aos grupos corais TAB (composto por trabalhadores da autarquia do Barreiro) e Be Voice, que apresentarão a nova peça “Plethora”, composta na sequência de um trabalho em desenvolvimento há já vários meses.

passe global para o festival já está à venda, numa quantidade limitada ao preço especial de 25€. Podem desde já adquiri-lo aqui

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro, a Baía do Tejo e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Ensaio aberto na Casa da Cultura e Summer Night Session na Praia de Copacabana

Olá a todos
 
Avizinha-se um fim de semana de excelência no Barreiro, com dois eventos quase-surpresa marcados para sexta e sábado.
 
Na sexta-feira, dia 23, abrimos as portas do inigualável espaço da Casa da Cultura da Baía do Tejo, para que Pedro Sousa, Rodrigo Pinheiro & Gabriel Ferrandini, três “altas patentes” do novo jazz português, mostrem algum do trabalho que lá estão a desenvolver, numa Residência Artística com o patrocínio da Baía do Tejo que se estende até início de Julho e culmina com um concerto final na Biblioteca Municipal.
 
 
No sábado, 24, vamos pela primeira vez à especial Praia de Copacabana para a nossa tradicional Summer Night Session, inserida nos Espaços Vivos 2017, e logo com um convidado do calibre de DJ Maboku, excelso representante da editora Príncipe Discos, que vem levando a todos os cantos da Europa a música dançante única que se vai fazendo nos bairros periféricos e “problemáticos” da Grande Lisboa: tarrachos, afrohouse, kuduro, e um vale-tudo electrónico numa da mais entusiasmante música de dança do presente e do futuro.
 
 
Ambos os eventos são de entrada livre.
 
Até lá!
 

Pega Monstro ao vivo – 5 Maio na ADAO

Regresso aguardado das Pega Monstro ao Barreiro, depois de um concerto que parece já longínquo, em 2015, para apresentação ao vivo do celebrado e histórico disco “Alfarroba”, que colocou as irmãs Julia e Maria Reis nas bocas e palcos da Europa (e, mais recentemente, do Brasil, onde parecem ter um culto de seguidores assinalável).
 
“Casa de Cima” é o nome do novo disco, novamento distribúido pela inglesa Upset The Rythm, cujo single de avanço “Partir a Loiça” adianta já, para os mais distraídos, o que se pode esperar de uma banda cuja evolução, maturidade e singularidade continuam a fazer por merecer todos os elogios que se têm produzido nestes últimos 4 ou 5 anos – até o direito à categoria própria de “dream punk”. 
 
Na 1ª parte actuará Doum (nome de baptismo: Mohamed Paquete), figura criativa enigmática da galáxia barreirense, talentoso e prolífico produtor caseiro de uma forma muito pessoal de dancehall, com um espólio continuamente crescente que contrasta com as suas raras aparições ao vivo.
 
Reservas de bilhetes (ao preço de 5€) para o mail habitual info@outra.pt.

Open Call: Música / Sound Art @ Reservatório do Alto da Paiva

A OUT.RA – Associação Cultural associa-se ao município do Barreiro nas comemorações que assinalam, em 2017, os 80 Anos da Rede Pública de Abastecimento de Água do Concelho. 

Neste contexto, e inserido num programa de actividades mais vasto construído na relação entre a Água e o Som, convocamos artistas portugueses e internacionais a submeter propostas de performance de música e/ou arte sonora a serem apresentadas no Reservatório de Água do Alto da Paiva, no final do mês de Maio (dias 27 e 28).

O reservatório é uma estrutura vertical com 4 pisos circulares, com capacidade para aproximadamente 30 pessoas, sendo que a cada artista será atribuído um piso para a sua performance específica, com uma duração máxima de 25min. Cada performance será repetida 3 a 4 vezes, ao longo de dois dias.

Os artistas podem apresentar propostas que façam uso do arquivo sonoro construído em captações nos vários locais que compôem a Rede de Abastecimento (que disponibilizaremos a pedido), ou podem utilizar exclusivamente as suas próprias fontes sonoras ou instrumentos.

Será atribuída a cada artista uma bolsa no valor de 500€ (que inclui apoio à criação, produção e apresentação da performance, deslocações e refeições), bem como alojamento até um máximo de 5 dias (inclui preparação, montagens e actuações) e refeições nos dias das performances.

Mais informações podem ser solicitadas para o e-mail info@outra.pt

OUT.RA Música em Abril: Victor Herrero | Pedro Sousa & Gabriel Ferrandini

Olá a todos,

O ciclo de programação OUT.RA Música continua em Abril, ao acolhermos pela primeira vez no Barreiro o multifacetado músico espanhol Victor Herrero (acompanhante habitual da diva Josephine Foster), que apresentará o seu recente disco “Astrolábio”, feito de um olhar diferente sobre o potencial da guitarra portuguesa. 

Também no palco da ADAO testemunharemos o regresso de uma dupla que tem cada vez mais (e)levado o novo jazz português aos ouvidos de meio mundo, eles que detêm o título oficioso de “mais intenso concerto” da história das nossas programações: Pedro Sousa & Gabriel Ferrandini.

Aceitamos, como habitualmente, reservas para o mail info@outra.pt.

Até lá!

Ver Evento

OUT.RA Música: Sexta-feira no Velvet e em Março na ADAO

​Olá a todos,
 
É já na próxima sexta-feira que o Velvet Be Jazz Club acolhe o trompetista e compositor espanhol Ivan González para um concerto duplo com a participação de alunos e professores da Escola de Jazz do Barreiro e de músicos como Albert Cirera, Alvaro Rosso e Vasco Furtado. Uma oportunidade única para ouvir alguns dos mais destacados nomes do jazz espanhol da actualidade, e para testemunhar ainda uma sessão de Improvisação Conduzida que promete música única e irrepetível. 
 
Reservas de bilhete podem ser efectuadas, como habitualmente, para o mail info@outra.pt
 
Depois, em Março, vamos até à ADAO – Associação para o Desenvolvimento das Artes e Ofícios, ​para a apresentação de um trabalho de mais de três semanas realizado em parceria com a Associação Nós e com o músico argentino Alan Courtis. Um trabalho que retoma os fantásticos desenvolvimentos do workshop “Música e Necessidades Especiais”, realizado pela primeira vez em 2016, e que todos os presentes na sua primeira apresentação pública têm ainda certamente vivo na memória.
 
Até já!

OUT.RA MÚSICA – FEVEREIRO

Regressa a programação regular OUT.RA Música para 2017, com dois concertos imperdíveis no Velvet Be Jazz Club em Fevereiro.

No dia 10, e após o termos ouvido na edição de 2014 do OUT.FEST, o mago das seis cordas Norberto Lobo regressa para apresentar “Muxama”, o seu mais recente e maravilhoso disco, com selo da editora Three:Four Records. Na primeira parte, um dos cantautores mais promissores das novas gerações, e figura de proa da dinâmica editora Xita Records – Primeira Dama.

A 24, acolhemos o catalão Iván González, trompetista, compositor e condutor, que apresentará, em dose dupla, a sua Signs of Freedom Orchestra – primeiro, com a participação de alunos da Escola de Jazz do Barreiro, que participarão num workshop na mesma tarde, e depois em quarteto com os cúmplices habituais Albert Cirera, Alvaro Rosso e Vasco Furtado.

Até lá!

Tiago Sousa no Velvet Be Jazz em Dezembro

No final do ano passado, e depois de ter respondido com brilhantismo a desafios semelhantes feitos pelo Teatro Maria Matos ou pela Fundação de Serralves, comissariámos ao pianista e compositor barreirense a escrita de uma nova peça, incentivando a continuidade da sua cada vez mais celebrada e inconfundível música, que tem vindo a afirmá-lo como uma das vozes mais singulares no panorama nacional.

O resultado, de título “Apontamentos sobre a existência”, reflecte os temas que mais lhe são caros: o trabalho e a arte na sociedade capitalista, o activismo político e existencial, a condição humana. Apresenta-o agora, no carismático Velvet Be Jazz Club, num concerto duplo que se divide entre esta estreia absoluta e uma revisitação de temas do seu reportório, na companhia de alguns dos seus habituais cúmplices de palco e estúdio.

Uma noite muito especial para encerrar a temporada “OUT.RA Música” em 2016.